segunda-feira, 17 de setembro de 2012

O Amor é Cego (2001)

E ae galera, beleza??
Primeiramente eu quero pedir desculpas a você que sempre visita o blog para ver críticas novas e não encontrar, mas por diversos motivos eu não pude mais postar, um deles é as aulas que voltaram. Como vocês sabem as aulas voltaram, e como eu sou um aluno exemplar (OU N, OU S) não deu mais para mim postar, também porque teve um tempinho que eu não entrava pelo PC (só pelo CEL).. Mas agora eu tô de volta a mil!!(!!!)
Então vamos ao que interessa...
Sinopse: Hal (Jack Black) é um homem que segue à risca o conselho de seu falecido pai e apenas se interessa por mulheres que tenham um físico perfeito. Mas tudo muda quando ele por acaso se encontra com Anthony Robbins, um guru de auto-ajuda que o hipnotiza e faz com que ele apenas possa visualizar a beleza interior das mulheres, em detrimento de seu físico. Sem saber que está sob o efeito de hipnose, Hal então se apaixona por Rosemary (Gwyneth Paltrow), uma mulher obesa que é vista por ele como se fosse uma verdadeira deusa. Até que, após ser retirado da hipnose por seu amigo Mauricio (Jason Alexander), ele passa a ver como Rosemary é de verdade fisicamente e precisa tomar uma decisão sobre seu relacionamento com ela.

Crítica: Já assisti a esse filme várias vezes, mas esses dias a Globo resolveu passar ele de novo, e como eu sou muito esquecido eu resolvi assisti ele de novo. Querem saber o que eu acho desse filme?? Então Let’s GO!!
Eu achei a idéia do filme simplesmente perfeita: Ver o lado interior das pessoas...
Mas aqui só uma pessoa vê o lado interior das pessoas, e está pessoa é Hal , um cara que só se interessa por mulheres bonitas do lado de fora, e não se importa com o lado de dentro (se é que vocês me entendem) rs’. Mas tudo isso muda quando ele conhece Anthony Robbins, um guru que o hipnotiza e faz com que ele veja as mulheres apenas com a sua beleza interior, ou seja, se a pessoa for boa de espírito ele vê a pessoa linda, maravilhosa, uma deusa.. mais se a pessoa for horrível por dentro, ele vê a pessoa como um verdadeiro dragão. Hal então se apaixona por Rosemary uma mulher que é muito gorda (muito mesmo! Tipo ela quebra duas cadeiras no filme, que são feitas de aço!!(!!!) rsrs’), mas ele a vê como uma verdadeira rainha, daí em diante começa uma verdadeira história de amor, bem, até ele descobrir sobre a hipnose..  E ae, será que ele fica com ela, ou a deixa apenas por causa de seu corpo??
É lógico que ele fica né?! Será mesmo que alguém pensou que o filme iria acabar com eles separados?? u.u
Então fica a dica galera, para quem quer dar boas risadas com a família reunida O amor é cego é uma escolha bem legal!! :3
Nota: 9,0

Um comentário:

  1. Este filme é muito bom, o tema era interessante para mim e com um toque de humor, um muito bom trabalho realizado, Jack Black me diverte muito, ele recentemente lançou a série "The Brink", na HBO, onde ele é um dos protagonistas, eu me diverti vendo isso e por isso que eu recomendo.

    ResponderExcluir